Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Mais sobre mim

foto do autor


TRADUTOR/TRADITOR

English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified translator

ORA A HORA



Comentários recentes


Favoritos




Mensagem de Boas Vindas

Este blogue é feito por Amigos para Amigos, porque a Amizade é uma das melhores coisas da vida. Quem vier por bem será bem acolhido. Sejam bem vindos!

...

por Henrique Antunes Ferreira, em 19.12.15

 

titulo.jpg

 

 

mix.jpg

 

Tinha 834 presépios e orgulhava-se da sua colecção. Conhecia-os todos, de um para outro. Local onde adquirira este, preço que dera por aquele. Dona Adalgisa podia definir-se assim: solteirona (pelo menos homem não se lhe conhecia, só se fosse cego)  56 anos, esqueleto quase sempre coberto de preto, rata de sacristia e comia um bolo de arroz ao pequeno-almoço no café do Rosmaninho. Ressalve-se, um bolo, uma meia de leite e aos dias feriados um pãozinho com manteiga ou margarina, mais barata. Mas, agora aproximava-se pé ante pé o Natal. Bacalhau, sozinha? Não tinha contas bancárias; com o pouco que amealhava comprava mais presépios. Por isso não tinha cepa ou pouca sequer.

 

Renegava como boa beata que era, essa ideia estapafúrdia de terem abolido os feriados religiosos; com os civis, vá que não vá, alguns diziam que eram republicanos, da maçonaria, o primeiro de Dezembro não era nada disso, era a data gloriosa da Restauração da Independência de Portugal em 1640. No resto, podiam bem ser dispensados, a começar no 5 de Outubro, que até estátua tinha. Comemorar o 25 de Abril que fora a desgraça de muitos bons chefes de família? Ná.

 

Do pouco que conseguia arranjar lá vinha mais um estábulo com o Menino nas palhinhas, para além do óbolo para as vocações sacerdotais não gastava um cêntimo e se houvera moeda de meio, também isso aconteceria. O quarto andar sem elevador em que morava, comprara-o o tio Hermínio, já falecido e que em testamento lho doara.  Conta-se que quando os Reis Magos chegaram ao estábulo viram o Menico ladeado por um burro e uma vaca. O Baltazar perguntou:É isto a companhia de Jesus? Os jesuitas não gostam...

 

Esmolas nem vê-las os pedinchões tinham bom corpo para trabalhar. Dizia a tia Pulquéria que o trabalho dava saúde e bufava quando ouvia o irmão, o tio Marcelino, regougar completando o dito, sendo assim, que trabalhem os doentes. Marcelino sempre fora a ovelha negra da família, por vezes ela até ficava envergonhada por ter um tio malandro – que era o que era, um vadio sem eira nem beira, jogador e espanholas de Carcavelos.

 

bombeiro.jpg

 

O prior padre Santana deu por falta dela, já há alguns dias os paramentos não tinham sido passados, o cálice das hóstias não estava polido e sobretudo o vinha de missa era uma zurrapa. Tentou averiguar o que lhe teria acontecido, perguntou às vizinhas se tinham dado conta dela, que não, ninguém a vira, podia estar doente e como vivia sozinha… Mas cheirava mal do apartamento, muito mesmo. Chegaram os bombeiros para arrombar a porta, faltava a licença camarária e a autorização da PSP. Foram busca-las. Seis horas depois chegaram, com carimbos e tudo.

 

24 de Dezembro - Arrombada a porta, um cheiro nauseabundo. A pestilência vinha do quarto da Dona Adalgisa. Estava na cama rodeada de presépios e em estado de putrefacção adiantadíssimo. O senhor da Pê Jota durante as averiguações contou 833 presépios; tinham-lhe roubado um, o mais caro. A autópsia concluiu: estava morta; nenhum órgão vital fora atingido; no corpo não fora possível descobrir orifício de bala ou lenho de arma branca; nas vísceras nem sombra de arsénico, curare ou de outro qualquer veneno. Conclusão: tinha morrido de susto, de desgosto – e de fome.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


28 comentários

Sem imagem de perfil

De Gonçalo Pereira a 19.12.2015 às 17:03

« O Baltazar perguntou:É isto a companhia de Jesus? Os jesuitas não gostam...»
Muito bom! Bela prosa, Henrique.
Imagem de perfil

De Henrique Antunes Ferreira a 19.12.2015 às 20:47

Gonçalamigo

Contei esta por mim inventada ao saudoso bom Amigo Padre Manuel Antunes e o que ele se riu...

Muito obrigado

Abç do Leãozão - e o que é preciso é ganhar ao União
Sem imagem de perfil

De Maria do Mundo a 19.12.2015 às 18:07

Adorei a história. Se bem que trágica.
Imagem de perfil

De Henrique Antunes Ferreira a 19.12.2015 às 20:49

Mundamiga

A vida não é só rosas; também em espinhos... Obrigado

Qjs do Leãozão
Sem imagem de perfil

De Manuel Penteado a 19.12.2015 às 19:48

Hoje em dia muitas Donas Adalgisas são, assim,encontradas.
Muito certa e oportuna a tua crônica, alerta para os que, além da solidão, apenas lhe resta um momento de glória, pois haverá um jornal a tornar pública mais uma morte.
Adorei é, falo a sério, até me pareceu sentir esse nauseabundo cheiro do cadáver.
O presépio que falta deve ter sido gamado por alguém, pelo que te resta escrever um policial, talvez "o mistério do presépio que se escafedeu".
Agora muito a sério, adorei a tua estória .
Imagem de perfil

De Henrique Antunes Ferreira a 19.12.2015 às 21:08

Manelamigo

Poizé. Realmente a vida é um saco de gatos e de adalgisas... Como dizem os futebolistas e os treinadores "é preciso ir de passo a passo", ter tento na bola e viver a vida pois é a única que temos.

Livro policial: já pensei nisso e se bem te lembras até o comecei na falecida "Minha" que o google removeu sem me dizer nada. Era a estória do Miguel e da Tânia Vanessa, que ainda tenho gravada... Mas a preguicite...

Um abç mais um obg do Leãozão
Sem imagem de perfil

De Janita a 19.12.2015 às 23:41

Pobre dona Adalgisa que se finou de fome com uma pequena fortuna investida em presépios!
Uma mania é pior do que uma doença...
...Será que vai acontecer o mesmo à Dona Maria Cavaco Silva?
Ouvi dizer que ela era doida por Presépios. Tem uma colecção e peras.

Bela narrativa, HenriquAmigo. És um escritor muito imaginativo!!

Já que apregoas tanto as tua maleitas vou imitar-te e fazer o mesmo...Tou que nem posso, de pé ao peito...Fiz uma entorse, vê lá a minha pouca sorte!!

Abraços e beijos para ambos. Tu e a Raquel, claro!

Boas Festas!!

Janita

Imagem de perfil

De Henrique Antunes Ferreira a 20.12.2015 às 00:17

Querida Janitamiga

Antes do mais quero dizer-te que és a única alentejaportuense que além de ter o prazer de te conhecer pessoalmente, tenho de te dizer que és buézíssima de fixérrima.

Na realidade quando te conheci em Monte Real apreciei muitíssimo a maneira brincalhona como te nos apresentaste; a Raquel sentiu que eras gente boa e como goesa que é (embora não pareça) mestra em desconfianças, concordou comigo.

Um dia tinha de to dizer; foi agora e sinto-me feliz... :-)))))))))

Do teu comentário de que gostei muito, adorei essa da Dona Maria CS. É a pior primeira-dama (?????) desde o 25 de Abril e té da Dona Gertrudes, mulher do Tomás!!!!! Um dia contarei a estória que me aconteceu com ela quando era primeira-ministra... :-(((

Agora, comadri dêxe-se de mazelas e de pés ao pêto; Vomecê anda copiando-me? Sua desenvergonhada. Avente-o pela janela quando for à da Pintassilga... Ê cá sou meio alentejano pois a minha mãe era de Portalegre a minha pimêra nora/filha é e Estremôs...

Bêjinhos da Raquel e qjs do Leãozão

______

Muito gostava que re-respondesses a esta minha resposta...
Sem imagem de perfil

De CÉU a 20.12.2015 às 14:21

Olá, estimado Henrique!

Espero que estejam todos bem. Aqui, tudo satisfatório.

Henrique, eu já deixei comentários neste seu blogue, agora, "hospedado" no SAPO (lagarto, lagarto!). Basta ir ver textos seus, AQUI, mais antigos, cronologicamente e lá encontrará as minhas opiniões.
Já sei o que fizeram ao seu blogue no Blogger e aos seus e-mails, já tínhamos falado disso.

Que o Henrique sabe História e histórias, ah isso sabe e D. Afonso Henriques e seu primo Afonso VII que o "digam"! Contudo, e com toda a entusiasmo de falar da História de Portugal, nem uma palavrinha sobrou para comentar o meu textinho, coisa simples, que nem precisava de dois ou três euros, pke é muito.

No entanto, e como não sou do tipo: se me deres um bolo, eu dou-te outro, tipo Tó Costa, salvo seja, li o seu texto, TODO, e claro com as devidas misturas, imaginação, arte, engenho, realidade e vivências, só posso classifica-lo EXCELENTE.
Coitadinha da D. Adalgisa! Ainda há gente assim.

Bom domingo.

Beijos para ambos.

Pede deferimento

Céu
Imagem de perfil

De Henrique Antunes Ferreira a 20.12.2015 às 21:28

Céuzinhamiga

Pronto, estou farto de me confessar que sou uma besta, burro, velho, distraído e analfabruto.

A maldita PDI prega-me cada rasteira; sabe que tenho a memória um tanto ou quanto amolgada – e daí, toma que já almoçaste!

Querida Céu, as minhas desculpas, a minha vergonha e o meu opróbrio. Mas a tua benevolência (que não me canso de enaltecer) leva-me a pensar que já alcancei o teu perdão.

Quanto à História e às estórias faço o que posso, com a esperança de que me reconheçam ou não os parcos conhecimentos que tenho, bem como a invencionice de que abuso.

Por este lado penso que me safei…

No que concerne a mais uma falta, vou já a caminho da Céu para acrescentar comentário, aliás bem merecido pela insigne autora do poema em prosa.

Bjs da Raquel e qjs do Leãozão




Sem imagem de perfil

De CÉU a 22.12.2015 às 01:05

"Meu Amor" de Henrique!

Tanta adjetivação, e ainda por cima, completamente oposta à sua pessoa.

Pedido de desculpas? Mas, não cometeu nenhum "crime", nem algo parecido, apenas (um) esquecimento, que qualquer um/a de 20 anos pode ter.
Por mim, "na boa", mas tenho de dizer-lhe que os seus comentários engrandecem o meu espaço. Quando quiser apareça, as "portas" já se estão a abrir, mandei colocar passadeira vermelha e comprei flores e doces para ambos. Hum! E que tal?

Quero informá-lo de que (dizer que e informar de que. Não é Mestre?) publicarei dia 23 deste mês, portanto 4ª feira próxima, e que estão desde já convidados para assistirem (só assistir, lamento, meus queridos) ao "banquete".

En ce qui concerne, pode chegar à "CÉU", quando lhe aprouver.
Insigne? Insígnias, não propriamente!

Vou começar já a abrir os braços para vos albergar como merecem, ou seja, o mais comodamente possível.

Beijos? Os melhores para tous les deux.

Imagem de perfil

De Henrique Antunes Ferreira a 22.12.2015 às 01:42

Minha adorada Céuzitamiga

Eu quero, antes do mais, dizer que o céu dos pardais é a barriga dos gatos... :-))) Isto não tem nada que ver com a resposta que o teu escrito merece.

Estou, estamos comovidos com a gentileza da oferta e sobretudo com a passadeira vermelha. Parece que estamos na grande noite de Hollywood para a entrega dos Óscares. Muitos vestidos de cauda, muitos semôquingues, muitas mamas quase à mostra, muitos fotógrafos, camaramen, jornalistas, radialistas e uma malta a assistir de fora.

Informar de que está mais do que correcto, está correctíssimo, de acordo com o mestre-de-obras feitas que sou.

Mas, porém, todavia, contudo que se vai passar no dia 23? Estou intigado e impaciente para o saber e a Raquel me accompagne à la guitare et à l'alto

O mais comodamente possível - depois de abrir-nos os braços será com certeza no teu seio de mãe amantíssima. Vou preparado (e a minha cara-metade também) - levo a chupeta e ela o biberão... Biba!!!!!!!!

Bjs da Soţia mea e qjs do Leãozão pasmado, oops, prostrado aos nivios pés de Vossa Insolência

Ite, missa est. À mãe
Sem imagem de perfil

De Majo a 20.12.2015 às 15:56

~~~
Mas que história tétrica foste arranjar, afilhado herege e desrespeitador!

É excelente e gratificante o alegre convívio da família reunida em paz, amor e saúde.

Imagino o que tu hás-de gostar de risos, carinhos, mimos e guloseimas...

Mas tens destas coisas: gostas de parecer insensível, durão '... (Salvo sejas!)

~~~ Dias muito animados e felizes... (Sem presepadas ...)

~~~ Abraços e beijinhos para ti e tua simpática Raquel.
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
Imagem de perfil

De Henrique Antunes Ferreira a 20.12.2015 às 21:41

Madrinhamiga

O afilhado curva-se respeitosamente pelos elogios que me fazes (herege e desrespeitador...) e tenho a grata alegria de te informar (e, aproveito, a toda a maltamiga) que em casa dos Ferreiras & adjacentes deverão confraternizar mais de 30 (trinta) bicos.

As despesas são da responsabilidade do teu afilhado; o trabalho pertence à menina Raquel; o pessoal - para além de contributos diversos sem comentários - entretém-se a comer e a beber. Por cá ainda se trocam prendas, apesar da crise que se espera um tanto... amortecida.

Enfim, um Natal tradicional, sem qualquer Durão, porra!, e sem a Dona Adalgisa - safa!...

Bjs da Raquel e qjs do Leãozão-afilhado

Boas Festas - no sitio do costume
Sem imagem de perfil

De redonda a 20.12.2015 às 18:35

Que história triste. Muito bem escrita, quis saber como terminava, mas a acabar mal. Quero outra história e que acabe bem!
beijinhos para ti e para a Raquel
Gábi
Imagem de perfil

De Henrique Antunes Ferreira a 20.12.2015 às 21:45

Gábiamiga

Outra estória virá, assim eu tenha o bestunto em funcionamento relativo... :-))))

Nos entrementes a Raquel e eu (além dos bjs e qjs e abçs extensíveis ao teu homem) desejamos-vos umas Festas muito Felizes
Sem imagem de perfil

De Cidália Ferreira a 21.12.2015 às 11:30

Muito bem!


Estarei ausente mas sempre que possa visito. Feliz Natal e um Ano Novo repleto de coisas boas, extensivo aos familiares e amigos

Beijos

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/
Imagem de perfil

De Henrique Antunes Ferreira a 21.12.2015 às 20:35

Cidáliamiga

Finalmente e felizmente vejo-te por cá; retomamos assim o nosso agradável convívio de sempre ainda que noutro local...

Boas Festas!

Qjs do Leãozão
Sem imagem de perfil

De Manuel Penteado a 22.12.2015 às 12:03

Hoje é só para desejar, a todos, um Feliz Natal.🎄🎄🎄🎄🎄🎄🎄🎄
Imagem de perfil

De Henrique Antunes Ferreira a 22.12.2015 às 12:13

Manelamigo

Muito obrigado - e para os teus também :-))))))))

Abç do Leãozão

Sem imagem de perfil

De Pedro Coimbra a 23.12.2015 às 02:20

Que narrativa mais tétrica para esta quadra, FerreirAmigo.
Votos de um Santo Natal para ti e família.
Aquele abraço
Imagem de perfil

De Henrique Antunes Ferreira a 23.12.2015 às 12:41

Coimbramigo

Melhores tempos virão antes do Natal. Com algum humor e fantasia

诞快乐和新年快乐的家庭科英布拉的拥抱

Leãozão

Comentar post


Pág. 1/2




Mais sobre mim

foto do autor


TRADUTOR/TRADITOR

English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified translator

ORA A HORA



Comentários recentes


Favoritos