Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Mais sobre mim

foto do autor


TRADUTOR/TRADITOR

English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified translator

ORA A HORA



Comentários recentes


Favoritos




Mensagem de Boas Vindas

Este blogue é feito por Amigos para Amigos, porque a Amizade é uma das melhores coisas da vida. Quem vier por bem será bem acolhido. Sejam bem vindos!

Debruado a rugas

por Henrique Antunes Ferreira, em 12.05.16

AVISO AOS INTERESSADOS E ATÉ AOS DESINTERESSADOS:

Este post tem apenas umas pinceladas políticas; não parece bem

ao modesto autor dele que seja muito saudável bater e rebater

questões que vão dos Panama Paper’s (onde o Senhor Ângelo Correia

nunca participou, segundo declaração do Senhor Ângelo Correia)

até aos erros ou os sucessos deste Governo, e a frenétíca presidência

do Senhor Marcelo Rebelo de Sousa

passando pelo fel destilado pelo Senhor Passos Coelho

em cada discurso ou comentário que faz…

 

 

as minhas imagens.jpg

 

Antunes Ferreira

Comparar o velho debruado a rugas com Noé era exemplo de asneira; o homem da arca vivera até aos 950 anos tornado exímio desengarafador de tinto, branco, rosé ou verde. Se o fizermos com Matusalém, o resultado ainda é pior. De acordo com a Bíblia – Antigo Testamento, citado no Génesis 5:21-27 e transcrevendo a Wikipédia, o nosso personagem terá sido avô de Noé e falecido no ano em que começou o Diluvio Universal a coisa é muito diferente pois este personagem bíblico chegou à bonita idade de 969 anos.

 Matusalém, Metusalém ou Metusalah (do hebraico מְתוּשָׁלַח) foi o homem mais longevo que marcou lugar nas páginas sagradas seguidas especialmente pelos judeus. Pois o velho que quando jovem vendia cautelas, anda hoje à roda, o primeiro prémio é de cinco mil contos, num local próprio, na esquina dos Restauradores com a rua Jardim do Regedor onde ficava a antiga sede dos vermelhuscos encarnados, hoje conta as horas, os dias e quiçá os anos, e vê passar os navios em especial os de cruzeiros sentado à sombra do Adamastor no Largo de Santa Catarina.

 

Não é preciso perguntar-lhe quantos anos tem – ele sabe-os bem – pois, tal como as damas subtrai-lhes uma quantidade deles. E a cara sulcada por muitos arados, daí as rugas, informa, muda, que o velho tem muitos anos. E os que passam paulatinamente, reformados a quem o Passos e o Portas tiraram uma fatia das pensões, miram o velho mas não se detêm a fim de apanhar lugar nos bancos de madeira e ferro que são poucos. Nos outros – nem pensar.

 

Um dia vou perguntar-lhe se sabe quem foi o Matusalém e tenho a certeza de que me vai responder que não o conhece mas se calhar é gajo para ter jogado no Oriental. Não se recorda mas tem a certeza que não foi futebolista quando os Grandes incluíam o Belenenses.

Autoria e outros dados (tags, etc)


22 comentários

Sem imagem de perfil

De João Paulo de Oliveira a 12.05.2016 às 22:39

HenriquAmigo.
Acho que este teu Amigo parvo descobriu o motivo que não consegue publicar o comentário que fez na publicação anterior.
Agora na primeira pessoa do singular.
Este Sapo deixa-me baralhado. Lembrei que tenho que escrever meu nome e meu email para a publicação.
Este senhor senil e enrugadíssimo deve ter nascido no tempo que vivíamos aterrados a fugir dos predadores nas savanas do Continente Africano.
Caloroso abraço. Saudações caquéticas.
Até breve...
João Paulo de Oliveira
Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver, sem véus, sem ranços, com muita imaginação, autenticidade e gozo.
Imagem de perfil

De Henrique Antunes Ferreira a 13.05.2016 às 20:33

Casto confradamigo

Nestes transes é preciso dar-se um jeitinho e tu sabe-lo dar. Vê como é fácil... para caras inteligentes como tu. Rodeado de belas moçoilas mais ou menos despidas - penso que são irmãs da Veneranda Ordem das Camelitas Descalças até ao Pescoço - tens de forçosamente saber tudo nuns hábitos que são quiçá despiciendos mas que têm de ser respeitados. Com tamanha confusão já nem sei bem onde e o quero fazer...

Bjs da Raquel e abç do Leãozão
Sem imagem de perfil

De João Paulo de Oliveira a 12.05.2016 às 22:46

HenriquAmigo.
Acho que este teu Amigo parvo descobriu o motivo que não consegue publicar o comentário que fez na publicação anterior.
Agora na primeira pessoa do singular.
Este Sapo deixa-me baralhado. Lembrei que tenho que escrever meu nome e meu email para a publicação.
Este senhor senil e enrugadíssimo deve ter nascido no tempo que vivíamos aterrados a fugir dos predadores nas savanas do Continente Africano.
Caloroso abraço. Saudações caquéticas.
Até breve...
João Paulo de Oliveira
Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver, sem véus, sem ranços, com muita imaginação, autenticidade e gozo.
Imagem de perfil

De Henrique Antunes Ferreira a 13.05.2016 às 20:43

Casto confradamigo

Pelos vistos ainda consegues dar duas seguidas - e iguais... Bravo!!! :-)))))))

Parabéns do Leãozão
Sem imagem de perfil

De João Paulo de Oliveira a 15.05.2016 às 00:51

HenriquAmigo!
Ahahahahaahahahah.
Teu senso de humor é inigualável.
Quem me dera...
Sem imagem de perfil

De João Paulo de Oliveira a 12.05.2016 às 22:47

PS - Ché, aprendi de tal forma que saiu em duplicada.
Imagem de perfil

De Henrique Antunes Ferreira a 13.05.2016 às 20:45

Casto confradamigo

Vá vi e já aplaudi... :-))))))))))))))))))))

Leãozão
Sem imagem de perfil

De majo a 13.05.2016 às 01:03

~~~
Saíste-me um grande estudioso de bíblia!

Há muito que não dou um passeio pelo miradouro de
Santa Catarina e até tenho saudades do feio Adamastor.

Beijinhos descoroçoados com este Maio atípico...
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
Imagem de perfil

De Henrique Antunes Ferreira a 13.05.2016 às 20:50

Madrinhamiga

Não sou eu é a Wikipédia... Eu sou mais livros policiais...

Era onde a Raquel e eu íamos namorar quando ela saía da faculdade. E o Adamastor era bué da fixe: fechava os olhos...

Este Maio não é só atípico... É uma verdadeira trampa!

Bjs da Raquel e qjs do afilhado Leãozão
Sem imagem de perfil

De majo a 14.05.2016 às 01:48

~~~
Henrique, henriquinho ...
O menino esqueceu que eu abomino linguagem brejeira
e penso que tenho esse direito, ou não?

Ainda assim, bom fim de semana, afilhado diabrete...
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
Imagem de perfil

De Henrique Antunes Ferreira a 14.05.2016 às 16:49

Madrinhamiga

A palavra que utilizei não me parece brejeira pois é corriqueira; no entanto e como sempre aceito a tua opinião.

Nesta altura acabo de abrir um blogue novo "A NOSSA TRAVESSA" onde serão publicados em paralelo com esta; serão os mesmos. Como se me dirigiram muitas Amigas e Amigos dizendo que neste "A TRAVESSA DO FERREIRA" é complicado comentar poderão daqui em diante fazê-lo em qualquer deles ou até mesmo nos dois :-))))))

Qjs & abçs

Leãozão
Sem imagem de perfil

De Pedro Coimbra a 13.05.2016 às 03:35

FerreirAmigo.
Um dos meus grandes amigos, leitor voraz, incapaz de ir à casa de banho sem algo para ler, deixou lá por esquecimento (era, e acho que ainda é, uma cabeça no ar) a Bíblia.
Não havia mais nada para ler, foi o que ele levou.
E deixou ficar.
Não me digas que agora também não tens nada para ler e andas a ler a Bíblia??? :)))
Aquele abraço para ti, beijinhos para a Raquel, bfds
Imagem de perfil

De Henrique Antunes Ferreira a 13.05.2016 às 20:59

Coimbra

Peço-te o subido obséquio de felicitares esse teu amigo porreiro. Do mal o menos: olha se ele tivesse levado para o lugar solitário a Lista Telefónica - Páginas Amarelas de 1984...

Quanto à torpe e insidiosa insinuação lê a resposta que dei à minha Madrinhamiga no códradinho anterior

Bjs às míninas e um abç para tu do Leãozão - Se o Nacional vier empatar à Luz (0,0000069%) e o Leão for ganhar a Braga então é que irá ver... ("Sonho de uma noite de Verão" do Uíliame Xeiquespirre, santinho... )
Sem imagem de perfil

De Cidália Ferreira a 13.05.2016 às 15:17

Lindo texto, meu amigo. Com sempre.


Beijinho... Bom fim de semana.

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Imagem de perfil

De Henrique Antunes Ferreira a 13.05.2016 às 21:00

Cidáliamiga

Estradas-me com miminhos; muito obrigado

Qjs do Leãozão
Sem imagem de perfil

De Janita a 14.05.2016 às 20:51

HenriquAmigo

Acabei de ver um filme fantástico! A primeira, e única, biografia autorizada do Papa Francisco. Fiquei a sentir-me tão pequenina perante a grandeza de alma deste ser humano...
Lembrei-me de vir à tua procura - se a montanha não vai a Maomé... - e deparo-me com um texto que fala de personagens bíblicas?? ( Sim, porque do pessoal da política e futebol, entro na categoria dos 'desinteressados' )
Andará a rondar-me algum chamamento divino?

Esse rosto sulcado de marcas, deixadas pelos muitos anos de vida dura, fez-me ficar a olhar bem dentro dos olhos desse ancião ou anciã. Sabes, Henrique? Há, nesse olhar, algo que me aproximou muito da tristeza que neles antevi. E na descrença nos homens, no cansaço e na vontade de partir para a renovação.

Gostei de te rever, lendo-te!
Um beijinho para vós , Henrique e Raquel!

Janita
Imagem de perfil

De Henrique Antunes Ferreira a 15.05.2016 às 00:26

Janitamiga

Primeiro que tudo tenho de te dizer quão feliz fiquei com a tua presença - as Amigas têm sempre um lugar guardado no meu coração. Portanto kitos que é obrigado em finlandês :-)))))

Costumo dizer e escrever que não gosto de papas, de linhaça e de Roma; papas de milho ainda vá... Mas, deste Francisco tenho vindo a mais ou menos gostar: da sua humidade, da sua modéstia, do seu sorriso, da sua compreensão. Que diferença do Panzerpapa...

Da reforma da Igreja que pretende... só depois de feita aplaudiria; mas é tamanha que quando e se acontecer já não estarei por cá - não sou o Matusalém nem sequer o Noé...

As rugas deste velho (velhos são os trapos e eu também) são sinónimo de vida muito difícil, de muito sofrimento, de muitas desilusões, em resumo me muito infortunonio- A vida é madrasta. Mas que se há-de fazer? Endireitar o Mundo é (quase) impossível, mas pode tentar-se- Mas, sei lá quando...

Bjs da Raquel e qjs do Leãozão
Sem imagem de perfil

De Graça Pires a 16.05.2016 às 10:46

Cada ruga do rosto é um caminho onde a angústia se deteve...
Gostei do texto, meu amigo.
Beijo.
Imagem de perfil

De Henrique Antunes Ferreira a 16.05.2016 às 15:36

Gracitamiga

Obrigadérrimo.

Qjs do Leãozão
Sem imagem de perfil

De Agostinho a 16.05.2016 às 22:22

Gajos como o Noé, aliás, Nãoé, eram bons na aritmética. Imagina o que era andarem a contar e somar novecentos e sessenta e nove anos sem se enganarem com os que vinham de trás... Mas o armador era um egoísta, um xenófobo e sei lá mais quê... Aprendi isso com o nobel Gunter Grass.
A culpa das rugas do ancião retratado na fotografia devem ser atribuídas ao tal senhor da Arca que as deixou como herança a todos os que lhe sucederam. Tu sabes a história, mas, mesmo assim, arrisco contar aquilo que aconteceu à hora do embarque para a viagem diluviana. Consta, o casal de ratazanas a quem coube a sorte grande da sobrevivência se dirigiu ao balcão da gare fluvial ou marítima, tanto faz, para fazer o check in e que o tal senhor Nãoé tinha dado a seguinte ordem: na minha arca rato passageiro não é!
Daí que os animaizinhos não tiveram outro remédio senão lavrar, lavrar, lavrar, galerias, túneis e regos para se safarem, de tal modo, que até deixaram o velho ainda mais velho com bué de rugas.

Acho que regressaste com veia.
Agora conta a da maçã do Ah Dão? se é de borla como...
Grande abraço ao Leão(zão) e esposa.
Imagem de perfil

De Henrique Antunes Ferreira a 17.05.2016 às 18:08

Agostinhamigo

A tua sapiência bíblica deixa-me de boca aberto (e é melhor fechada antes que entre um rinoceronte de Dürer). Náoé todos os dias que me (de)paro com tamanha colt, oops, cultura sobre o Velho Testamento.

Sempre tinha ouvido dizer que os bilhetes de ingresso na arca continham a identificação aos portadores, número da cabina ou beliche para os mais pobrezinhos, tadinhos, os mais desvalidos pela sorte para utilizar uma linguagem politicamente correcta.

Em momentos grávidos como esse do Dilúvio Universal (mau, o queria escrever atrás era graves, desculpa) só com uma organização esmerada fruto de um planeamento excelso. Mas, "hellas" o novecentecinquentão mão tinha quem se ocupasse de tão difícil tarefa embora essencial.

Os filhos eram uns gabirus que - diz o Género 23.098.7:999-578 e há que acreditar nele. Dedicavam-se primordialmente à candonga com bilhetes falsos como Ju... esse não pois pertencia ao elenco do Novo Testamento e enforcou-se numa figueira de passas.

Seja como for eram uns pulhas do mais elevado quilate e não venderam um ingresso, mesmo falso ao casal de ratazanas que, no entanto conseguiram entrar na política, digo na arca. Pormenorizando daquela à protohistóriaportuguesa.

Por isso as rugas e a pulhítica nacional. E encerrada a resposta que vai assinada por mim e pelo escrivão do auto, remela~se o mesmo ao Gil Vicente.

Qjs & abçs

Leãozão sem parênteses
Sem imagem de perfil

De Maria Beatriz Santos a 26.05.2016 às 19:01

Amigo
Nem precisavas de ter escrito uma introdução.
Sais-te sempre muito bem.
Um abraço
Beatriz
VIDA E PENSAMENTOS

Comentar post




Mais sobre mim

foto do autor


TRADUTOR/TRADITOR

English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified translator

ORA A HORA



Comentários recentes


Favoritos